A criação da Fla-Gay

A Fla-Gay é um fato, e já foi noticiada aqui no blog. Pois bem, iremos reproduzir um texto de um outro blog (citando fonte abaixo) que explica melhor de como surgiu esse termo "Fla-Gay", transformando-se numa torcida oficial.

Fim dos anos 70, maior clássico do futebol carioca. O Rio se agita. Mais um Fla-Flu. O que ninguém esperava era um ingrediente extra no caldeirão. O carnavalesco Clóvis Bornay convoca rubro-negros homossexuais, lança a nova torcida Fla-Gay e escandaliza o Maracanã.

Torcedor notório do Botafogo, Bornay diz que teve a melhor das intenções, mas o tiro saiu pela culatra: "A galera vaiava. Todos gritavam: Sai daí, seu botafoguense viado. Vai sacanear o Botafogo."

O episódio rendeu até marchinha (foto), mas a torcida não durou muito.


Foi reativada em 2003 pelo ativista gay Raimundo Pereira.

Ainda que duas décadas depois, o retorno causou nova polêmica. A Associação das Torcidas Organizadas do Flamengo foi contra. Em carta aberta, alertou que a presença dos "vascaínos travestidos de Fla-Gay" era desaconselhável, que não se responsabilizaria pela reação dos "verdadeiros torcedores".

"Queiram ou não esses falsos machões, nós somos flamenguistas verdadeiros", bate o pé Raimundo. "E vamos para os estádios mostrar que não temos vergonha; que os gays estão em todos os lugares".

Fonte: http://hajamuuitosaco.blogspot.com/2014/02/curiosidades-rubro-negras-27.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Cinco/Quatro Rebaixamentos que o Flamengo não pagou

Flamengo pode ser rebaixado com o doping de Guerrero?!

Flamengo empata com o Botafogo e continua sendo o PIOR DO RIO no Campeonato Brasileiro