Flamengo pode ser rebaixado com o doping de Guerrero?!

FOTO: GILVAN DE SOUZA/FLAMENGO

Será que o Flamengo poderá perder pontos em todos os jogos que Guerrero assumiu o Flamengo pelo Campeonato Brasileiro?! Dificilmente isso aconteceria. Segundo a CBF, o clube só é punido em caso de o CLUBE SER RESPONSÁVEL pela substância ilegal. Ou seja, se por acaso um médico do clube receitasse alguma droga ilícita, aí sim o clube seria responsável pelo doping do jogador. No entanto, este não é o caso (pelo menos se encaminha desse jeito). Confira o regulamento abaixo.

CAPITULO III

DAS INFRAÇÕES POR DOPAGEM

Art. 244. Ser flagrado, comprovadamente dopado, dentro ou fora da partida, prova ou equivalente.

PENA: suspensão de 120 (cento e vinte) a 360 (trezentos e sessenta) dias e eliminação na reincidência.

§1º Se comprovada a participação direta da entidade desportiva a que pertença o atleta será ela punida com a perda de pontos, eventualmente obtidos na partida, prova ou equivalente, além de, no caso de desporto profissional, multa de R$ 50.000,00 (cinqquenta mil reais) a R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) e perda de sua parte na renda em favor do adversário, se houver.

§2º Havendo reincidência na hipótese prevista no parágrafo anterior, a entidade desportiva, será excluída da competição, partida, prova ou equivalente.

§3º Se o atleta for praticante modalidade de natureza olímpica ou paraolímpica, a pena será comunicada ao respectivo Comitê.

§4º Não há prazo para a caracterização da reincidência nas infrações por dopagem.

§5º Presume-se dopado, para os efeitos deste artigo, o atleta que não se submeter ao procedimento do controle de dopagem, quando regularmente notificado.

§6º Considera-se a infração consumada, nos casos de controle de dopagem fora-de-competição, o atleta que não se submeter ao procedimento do controle de dopagem, quando regularmente notificado.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Os Cinco/Quatro Rebaixamentos que o Flamengo não pagou

Flamengo empata com o Botafogo e continua sendo o PIOR DO RIO no Campeonato Brasileiro